Sequenciamento do genoma de embriões (sugestão de leitura)

Título original do texto: GENOMA AO NASCER: QUEM QUER SABER?

Autor: Herton Escobar

Fonte: http://blogs.estadao.com.br/herton-escobar/genoma-ao-nascer-quem-quer-saber/

Um texto super interessante sobre ética, testes genéticos, genômica personalizada, detecção de anomalias genéticas e cromossômicas em embriões in vitro e sequenciamento não invasivo do genoma fetal. 

É possível fazer análises genéticas e cromossômicas de células embrionárias. O teste, conhecido como diagnóstico genético pré-implantacional, tem o objetivo de selecionar embriões em clínicas de fertilidade, especialmente nos casos em que há mutações hereditárias conhecidas na família. Porém, ninguém ainda conseguiu sequenciar o genoma completo de um embrião sem destruí-lo, porque a quantidade de DNA que se obtém de poucas células é muito pequena. É possível sequenciar, mas com muitos erros.

Uma das principais preocupações éticas relacionadas ao sequenciamento do genoma de embriões é que isso conduza a um aumento do número de abortos ou  a um aumento das restrições ao aborto. Isso porque, ao tornar o diagnóstico de doenças genéticas mais precoce, o sequenciamento daria às mulheres mais tempo e motivos para decidir por um aborto.

Outra sugestão: http://www.estadao.com.br/noticias/impresso,no-embriao-falta-pouco-para-o-genoma-completo-,964834,0.htm

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s